POEMA DE ABERTURA

  • EIS UMA VERDADE DE PRIMEIRA INSTÂNCIA: A CRIANÇA VIVE EM ESTADO DE POESIA, O POETA VIVE EM ESTADO DE INFÂNCIA. Carlos Vazconcelos

6 de fev de 2013

MAPA DE ERRÂNCIAS 1


Recebi, por esses dias, livros dos conterrâneos Nilto Maciel (Menos vivi do que fiei palavras) e Carlos Nóbrega (Lápis branco). Ambas as obras publicadas pela editora Penalux, de São Paulo (selo Castiçal, para prosa; selo Candeeiro, para poemas). Edições caprichadas. Nilto Maciel trouxe a lume elucubrações literárias anotadas no tempo em que morou em Brasília. Delicio-me com textos dessa natureza. Revelam e disfarçam idiossincrasias. Gostei de tê-lo recebido. Carlos Nóbrega, meu nobre xará, segue afiado em seus minipoemas. Lírico, existencialista e observador microscópico dos detalhes da vida, continua sendo o meu poeta predileto, juntamente com Drummond, Bandeira, João Cabral, Francisco Carvalho, Quintana e Manoel de Barros. 

4 comentários:

Ana Luiza Costa disse...

ENTRANDO AQUI NESSE ESPAÇO DE RIQUEZAS LITERÁRIAS E SORRISO PRECIOSO DESSE MEU QUERIDÍSSIMO AMIGO E POETA CARLOS. JÁ ERA TEMPO DE TER ESSE CANTINHO ACONCHEGANTE PRA GENTE PODER FICAR MAIS PERTO DE VOCÊ! SUCESSO INFINITO, EVER AND FOREVER!!!! CHEIROOOOOSSSSSSSS

CARLOS VAZCONCELOS disse...

Grato pela sua honrosa visita, Aninha. O blogue estava meio parado, vou tentar (de novo) atualizá-lo de vez em quando.

Dama da Cultura disse...

MUITO IMPORTANTE SEU BLOG
CARLOS VAZCONCELOS!
INFORMATIVO E ATUALIZADO!
PARABÉNS SÃO TANTAS COISAS BOAS
PARA SE LER ,CULTURA É MESMO
APAIXONATE!
ABRAÇOS
DIVANIRA VIEIRA

Dama da Cultura disse...

Posso divulgá-lo?
Hum?